Inbound Marketing

 

Oi!

Você chegou até aqui porque utilizei a metodologia de INBOUND para atrair você.

INBOUND é uma estratégia de Marketing Digital que procura não “interromper” os consumidores. Ela parte do princípio que as pessoas estão buscando por informações.

Já que as pessoas estão sempre inquietas, buscando por alguma coisa, o que aconteceria se eu me antecipasse e escrevesse artigos de blog que o Google mostraria para elas quando fossem pesquisar algo por lá?

Pois é! É isso que o INBOUND faz!

No planejamento estratégico de INBOUND, nós usamos ferramentas que nos indicam o que as pessoas estão buscando, que basta a gente escrever ótimos conteúdos e esperar alguns meses para conseguirmos colocar alguns desses artigos nas primeiras posições do resultado do Google.

(Não é tão fácil assim para colocar um artigo nos primeiros lugares do Google, mas eu simplifiquei para ficar mais claro para você entender.)

É o que algumas pessoas chamam também de “Marketing de Entrada”, porque criamos maneiras de fazer as pessoas “entrarem” em nosso blog.

Depois que elas estão em nosso blog, damos um “empurrãozinho” para elas irem até o nosso site.

Pense no seu site como a sua “casa” (na internet) e o blog como na “área anexa”.

Sabe aquele Marketing chato que um operador de callcenter te liga? Chamamos de OUTBOUND, o oposto do INBOUND.

No INBOUND temos “IN” + “BOUND”, sendo a combinação do inglês “IN” que em português significa “entrada” com a palavra inglesa “BOUND” de traduzido para português significa “limite”.

No OUTBOUND, que é a palavra em inglês “OUT” que traduzimos como “saída” e o termo “BOUND”.

Assim, falamos que o “INBOUND MARKETING” é o “Marketing de Entrada” e o “OUTBOUND” é o “Marketing de Saída”.

O OUTBOUND é chamado também de “Marketing de Interrupção” porque geralmente quando um vendedor te liga, ele está te interrompendo e na maioria da vezes você não solicitou aquele contato.

Essas ligações de “OUTBOUND” também é chamada de “ligações frias”. Ela é fria porque quem está te ligando não sabe nada sobre você e muito menos se você tem interesse no que ele está vendendo.

Já no INBOUND, um consumidor foi no Google, pesquisou por algo e acabou caindo em um site. Se esse consumidor gostou do que encontrou e entrar em contato com o dono do site, provavelmente o dono do site saberá mais sobre o motivo do contato e quando entrar em contato com o consumidor, ele estará esperando pelo seu contato.

Você já teve ter percebido que, então, criar conteúdo é importante para uma estratégia de Inbound Marketing. Isso é verdade, chamamos isso de Marketing de Conteúdo, um dos elementos do Inbound Marketing.

Esses conteúdos são produzidos de forma organizada e consistente. Parece confuso esses 2 termos, mas eles se resumem em escrever dentro de uma mesma frequência. Por exemplo: publicar novos conteúdos 1 ou 2 vezes por semana, sempre nos mesmos dias da semana.

Assim sendo, um site estático de uma empresa ou ecommerce geralmente não tem o que publicar de novidade toda semana. Por isso, para que o INBOUND dê certo, é preciso que seja criado um “Blog” para que esses novos conteúdos sejam publicados.

Uma vez que você cria novos conteúdos de forma recorrente, é importante que as pessoas saibam que eles estão no ar.

O Google é avisado a cada novo conteúdo que é publicado no blog. Assim novas pessoas poderão achar esses artigos.

É claro que não é só criar artigos para fazer que novas pessoas achem o blog. Existem alguma técnicas de como escrever um artigo para garantir melhores posiçõe no Google. O conjunto de técnicas é o que chamamos de SEO (Search Engine Optimization).

Para aumentar a possibilidade de você ser encontrado e não depender só do Google, os artigos que são publicados frequentemente são divulgados nas Redes Sociais do dono do Blog e enviados como Email Marketing para as pessoas que se cadastrarem para receber newsletter.

Com a evolução da tecnologia, outros elementos foram incorporados a Metodologia, como Chatbots, Automação de Marketing e WhatsApp.

Com a mudança de comportamento do consumidor, em que eles preferem pesquisar pelos produtos que desejam comprar e solicitar o contato das empresas, os processos de vendas também mudaram.

Em vez da forma “tradicional” de “CallCenter” fazendo ligações frias, usando o conceito antigo de OUTBOUND, combinados o INBOUND MARKETING, com o modelo de “INBOUND SALES”, que em português se traduziria como “Vendas INBOUND”, sendo “SALES” = “VENDAS”.

Para que você entenda melhor o que eu estou fazendo aqui, a metodologia de INBOUND foi criada em 2006 pelos co-fundadores da empresa HubSpot, Brian Halligan e Dharmesh Shah.

HubSpot é um Software de INBOUND, com módulos de Marketing, Vendas e Atendimento ao Cliente. Tudo isso contectado ao CRM Grátis da HubSpot.

Desde 2014 sou parceiro da HubSpot no Brasil e Treinador Certificado HubSpot.

No blog compartilho conselhos e respostas para profissionais de marketing e vendas para crescimento pessoal e de negócios.

Nos artigos reuno dicas exclusivas com o meu melhor, que vai desde a metodologia INBOUND e Play-Driven Design, mas também técnicas de vendas, como persuasão.

Boa leitura!

P.S.: Se você quiser dar os primeiros passos em INBOUND da forma certa, faça o curso essencial de Inbound Marketing.