É melhor vender infoprodutos ou abrir loja online?

Pergunta recebida de um aluno:

“Estou querendo iniciar uma loja para vendas, mas o que é melhor: serviços, infoprodutos ou produtos físicos? Estou mais inclinado para produtos, mas estou com grande dificuldade em decidir que produto vender. O que seria menos arriscado? Pensei em uma loja de roupas infantis, sapatos, ou roupinhas com body e etc. Considerando que o público feminino está comprando muito nesse setor, ao mesmo tempo penso que investir na criação de um bom infoproduto pode ser mais promissor. Me ajuda aí mano, me dê a sua opinião.”

Minha resposta:

Olha, a sua pergunta é muito boa e importante! Você refletir sobre isso agora, antes de sair fazendo, te reduzirá os erros.

Os erros vão acontecer, mas você precisa ser rápido em corrigí-los.

Eu vi que você tem dúvida sobre infoproduto e ecommerce de roupa. Na verdade os modelos de negócios são bem diferentes.

Muitas pessoas optaram por infoprodutos como uma forma de iniciar um projeto de receita passiva. Ou seja, ao colocá-los no ar, deixá-los lá vendendo.

Já no ecommerce, você terá um trabalho diário, divulgação, logística, faturamento, compra de mercadoria.

Para você empreender, eu partiria de uma pergunta:

“o que eu posso vender que ninguém vende?”

Se você for criar uma loja, vendendo os mesmos produtos que tem por aí, você será mais um negocio do tipo “eu também vendo”. É difícil de se diferenciar e a briga geralmente é pelo menor preço.

Primeiro escolha um segmento que você ama porque você acordará cedo, dormirá tarde, deixará de comer pizza com os amigos e a família para se dedicar ao negócio.

Depois pense em desenvolver “um produto” ou “serviço”, que você consegue ser diferenciado.

Algum dia alguém vai tentar te copiar, mas daí você estará lá na frente. Identifique quem é o usuário final que usará o seu produto, este usuário será a sua persona.

Procure se aproximar do seu usuário final, faça uma pesquisa para saber se ele usaria o seu produto/serviço, antes mesmos de tê-lo. Dependendo do feedback, você pode decidir por tenetar outra persona.

Resumindo: escolha algo que você ame, identifique uma necessidade, fique próximo das pessoas quem tem essa mesma necessidade, crie algo para “tampar” essa lacuna, domine o mercado do seu produto. Você não precisa de um mercado grande, mas de um pequeno que você domine: 1.000 pessoas gerando cada uma R$100 de lucro por ano já dá uma boa grana!

Boa sorte e sucesso!

Angelo PúblioeCommerce, Vendas