Uso do Retargeting para o seu negócio

Imagine que um visitante tenha acessado o seu site e visto determinado produto e acabou não comprando e fechando a página. Em seguida, ele migrou para um outro site e viu o banner daquele objeto que já tinha demonstrado interesse em seu site como em um passo de mágica. Parece interessante, não é mesmo?

Isso é possível graças ao retargeting. Acompanhe o artigo e conheça essa estratégia e quais as ferramentas utilizar!

Retargeting

A palavra “target” significa “alvo” em inglês, ou seja, a ideia do retargeting é chamar a atenção de uma pessoa mais de uma vez. Ao visitar e sair de um site, o usuário continua sendo impactado por anúncios desse site em outros canais que tem áreas de anunciantes, fazendo com que voltem à decisão de compra.

Retargeting

Google Adwords Remarketing

O Google Adwords Remarketing é a ferramenta mais utilizada para o retargeting e uma das ferramentas mais eficientes do marketing digital. Remarketing e retargeting são praticamente a mesma coisa. A única diferença é que remarketing é a forma como o Google chama a sua própria ferramenta.

Através do Google Remarketing, banners visuais – popularmente conhecidos como “anúncios perseguidores” –, são criados para que tenham o alcance das pessoas que acessaram um determinado website anteriormente como principal função. Os anúncios podem ser personalizados pelo usuário com base nas seções do site em que os visitantes fizeram o acesso.

Para fazer o remarketing você precisa:

  • Adicionar a tag de remarcação ao site: Essa é a primeira tarefa ao realizar o remarketing. Você adicionará a tag (um pequeno código que você recebe do Google AdWords) a todas as páginas de seu site.
  • Criar listas de remarketing: Você pode criar diversas listas de remarketing para os visitantes, onde deverá definir quais são as páginas do seu site que fazem parte dessa lista. A tag de remarketing informa ao Google AdWords quais páginas que o visitante acessou e o adiciona às listas correspondentes.
  • Criar campanhas de remarketing que usam suas listas: Por fim, crie uma campanha do Google AdWords com um anúncio que será exibido apenas para as pessoas de uma lista específica. Os banners de remarketing não serão visualizados pelas pessoas que não estejam nessa lista.
  • Definir a sua página de conversão: Você deve indicar qual é a página que se acessada irá cancelar a inscrição do visitante a uma determinada lista. Já que ele chegou na página que você queria.

Vamos usar como exemplo um e-commerce de vinhos. Os visitantes que acessarem esse site em busca de vinhos chilenos serão adicionados à lista “Vinhos chilenos” para verem mais anúncios sobre os produtos relacionados. Os anúncios serão exibidos para os visitantes que navegarem em outros websites da Rede de Display do Google.

Ao invés de você exibir o anúncio padrão para esses clientes, você também pode mostrar um banner que oferece um desconto especial para os vinhos chilenos. Esse anúncio incentivará o internauta a voltar ao site e adquirir pelo melo menos uma garrafa.

Você definirá no Google Adwords qual é a página de fechamento do pedido, que é considerada a sua página de conversão. Isso fará que os visitantes que concluírem um pedido parem de visualizar os anúncios de retargeting.

Veja esse vídeo curto feito pelo Google

https://www.youtube.com/watch?v=40Yrq2hcS5g

Outras ferramentas de retargeting

Existem ferramentas para que você faça retargeting no Twitter e no Facebook. Através delas, o visitante do seu site visualizará os anúncios de retargeting ao navegar nessas redes sociais. Os valores estão relacionados nos recursos existentes para auxiliar na personalização e organização dos possíveis cliente.

O Perfect Audience faz uma divisão por campanhas, se mantendo simples e objetiva. Já a ferramenta AdRoll tem a separação por grupo de anúncios, o que facilita o gerenciamento, sendo esta uma das ferramentas mais antigas e mais utilizadas em retargeting.

Combinando pay per click com retargeting

O pay per click (PPC) nada mais é que o anúncio pago por clique recebido. Enquanto isso, no SEO você otimiza o seu site para que ele apareça nos resultados da busca orgânica. No PPC, que faz parte do Search Engine Marketing (SEM), os links são patrocinados, de forma que você obtenha as melhores posições dos resultados da busca, permitindo gerar mais visitantes para um website e aumentar as vendas.

Quando uma pessoa procura por alguma palavra-chave, o Google apresenta o que ele considera os melhores resultados para essa pesquisa. O site que gostaria de aparecer nesse resultado pode optar por anunciar através dos links patrocinados do Google Adwords.

Google - Links Patrocinados e SEO

Para iniciar uma campanha de PPC, primeiro você precisará criar uma lista de palavras-chave (palavras e frases), que atrairão os visitantes para o seu website. Ao entrar no Google AdWords, o programa mais utilizado para esse fim, existem recursos que facilitarão a identificação das palavras-chave diretamente na plataforma.

Você também deverá determinar qual será o orçamento previsto para essa campanha, após verificar quanto custará cada palavra ou frase que você pretende utilizar na busca.

O Google Adwords Remarketing é uma das estratégias mais utilizadas alinhadas ao pay per click. Pois, quando você opta em pagar por um acesso ao seu site através do PPC, pode ser que o cliente clique e saia do seu site sem chegar em sua página de conversão. Isso faria o seu investimento de PPC fosse por água a baixo. Quando você então faz um retargeting, você tem a oportunidade de continuar essa ação.

Você também pode utilizar anúncios Pay per click em redes sociais, como o LinkedIn. Essa combinação de mídias otimiza o custo de conversão, pois se você não gerar a conversão no primeiro acesso (US$ 2,00/valor inicial do clique do LinkedIn), você tem a oportunidade de realizar outras ofertas para esses usuários por um custo, por exemplo, de R$ 0,15/clique no Google Adwords Remarketing.

Conclusão

As campanha de retargeting podem ajudar você a alcançar um desempenho melhor ao manter sua segmentação ampla o suficiente, mas com o foco em um público-alvo certo. Além disso, quando você combina PPC com retargeting, você terá a possibilidade de aumentar a sua conversão e ter melhores taxas de ROI (Return of Investment).

Lembre-se: é importante configurar corretamente a campanha de retargeting para que os banners não sejam exibidos aos leads convertidos.

E você, tem utilizado essa estratégia combinando com as redes sociais? Compartilhe sua experiência nos Comentários.