Micromomentos na Jornada do Cliente: saber, ir, fazer e comprar

[resumo]Para conquistar o consumidor, as marcas precisam planejar métodos para serem encontradas no momento certo. Entenda o conceito de micromomentos e prepare-se para este novo modelo mental de marketing: momento “eu quero saber”, momento “eu quero ir”, momento “eu quero fazer” e momento “eu quero comprar".[/resumo]

O conceito de Micromomentos

https://www.youtube.com/watch?v=UVx4HABI77I

[cta-cursoinboundsales]

Os 4 tipos de micromomentos

De acordo com o artigo publicado pelo Google, “A Revolução dos Micro-Momentos: como eles estão mudando as regras”, as pessoas estão mais receptivas às mensagens das marcas quando estão buscando informações.

A busca acontece pelo dispositivo que estiver mais próximo. Inegavelmente, fora do trabalho se resume ao smartphone. Assim, elas querem encontrar respostas, tomarem decisões e descobrir coisas novas, de tal forma que essa busca acontece ao longo de todo o dia.

Surpreendentemente, o Google chamou de “micromomentos” este intervalo de tempo que ocorre este “engajamento digital”.

Dessa forma, as marcas precisam estar preparadas para ter conteúdos específicos para esses momentos. Aliás, de acordo com o Google, eles “são instantes de real intenção em que decisões são tomadas e preferências são moldadas em questão de minutos ou segundos”.

Existem 4 tipos de micromomentos. São eles:

  • Momento “Eu quero saber”: a pessoa procura satisfazer a sua curiosidade.
  • Momento “Eu quero ir”: a pessoa busca por locais específicos, rotas de como chegar, assim como buscas do tipo “próximo de mim”.
  • Momento “Eu quero fazer”: buscas incluindo o termo “como fazer” (“how to”) são umas das que mais crescem. As pessoas tem pressa e querem fazer elas mesmas (DIY - Do It Yourself).
  • Momento “Eu quero comprar”: o consumidor pesquisa pelo que deseja comprar em todas as etapas da jornada do cliente.

Micromomentos

Com toda a certeza, contemplar os micromomentos na sua produção de conteúdo pode aumentar consideravelmente a sua possibilidade de ser encontrado. Além disso, são novas oportunidades de promover uma experiência e conectar-se com o consumidor.

[fim]O que você achou desse modelo mental de marketing? Responda nos Comentários![/fim]