Melhor hospedagem WordPress

Por todos esses anos de experiência com Internet já participei de projetos com sites hospedados em muitas empresas de hospedagem (Amazon AWS, Godaddy, Locaweb, UOL Host, etc) e com os mais variados tipos de infraestrutura (servidores dedicados com balanceamento de carga, clouds, compartilhado, etc). Muitas vezes você optou por uma hospedagem considerando apenas o preço e não sabe que isso está influenciando nos resultados do seu site.

Neste artigo você vai encontrar os principais pontos que considero importantes para que você tenha sucesso com o seu site em WordPress, levando em consideração as particularidades da plataforma WordPress, a experiência do usuário (UX Design) e fatores de SEO. Ficará fácil de entender porque vale a pena investir e migrar para uma Hospedagem Premium para WordPress.

Para não ser um post que fala, fala, fala e não apresenta solução, estou levando em consideração a Hospedagem WP Engine que considero atualmente a melhor hospedagem WordPress, que eu uso e tenho indicado para clientes, com planos a partir de US$ 29,00. Convenhamos, não é nenhum absurdo pelo que oferece.

1 - Atualizações

Uma das vantagens de utilizar a plataforma WordPress para o seu site é que ela está em constante atualização, assim como os plugins disponíveis que podem ser instalados para aumentar as funcionalidades do seu site. Essas atualizações contínuas evitam que o seu site fique vulnerável às ameaças da Internet.

Quando você realiza o login na área administrativa do seu site em WordPress, na barra de administrador no topo do site, existe um ícone que indica se existem atualizações disponíveis. Basta você clicar e seguir os passos.

Aviso de atualizações na barra de administração do WordPress

Existem 2 tipos de atualizações:

  • Atualizações funcionais: adiciona recursos e funcionalidades ao código principal.
  • Atualizações de segurança: contêm correções de segurança ou de pequenos bugs.

Na maioria das hospedagens que você pode contratar, você é o responsável por verificar periodicamente se tem avisos de atualizações e realizar os passos para atualizá-lo. No caso de sites hospedados no WP Engine, esses 2 tipos de atualizações são feitas por eles de forma automática. As atualizações dos plugins e de traduções de idiomas ainda será feito por você, mas o fato de você não ter que se preocupar com as atualizações mais críticas, é uma preocupação a menos para você.

2 - Backup

Como é comum ter atualizações periódicas tanto do conteúdo do seu site, como também do código fonte e plugins do WordPress, é fundamental que você tenha consciência sobre as rotinas de backup do seu site. Pois em caso de pane no seu site, você precisa ser capaz de "restaurar a ordem" do site rapidamente com seu último backup.

Em algumas hospedagens, as rotinas de backup não fazem parte do plano de hospedagem, ou até fazem parte, mas você deve solicitar que sejam habilitadas, ou ainda são cobradas como adicional. Você precisa saber quando (horário) é realizado o backup e por qual período os backups são mantidos. Geralmente as empresas de hospedagem têm uma página informando sobre as rotinas de backup.

FIQUE ESPERTO: É importante que você busque saber se a sua hospedagem atual cobra algum custo adicional caso você tenha necessidade de restaurar um backup. Tem empresa de hospedagem que chega a cobrar R$ 150,00 para essa restauração.

Como os backups acontecem 1 vez por dia, se o seu site tem muitas atualizações de conteúdos, recuperar um backup mesmo que tenha sido realizado há poucas horas pode ser uma dor de cabeça. Como medida preventiva, quando você hospeda na WP Engine, ao realizar os procedimentos para atualizar plugins, aparece uma janela perguntando se você não quer iniciar a rotina de backup naquele momento, como forma de conseguir restaurar o seu site com o mínimo possível de desgaste, caso tenha algum problema na instalação do plugin.

Plugin do WP Engine pergunta ao administrador se deseja fazer um backup antes de seguir com as atualizações

O WP Engine mantém o histórico dos últimos 40 pontos de backup e você ainda pode ter acesso através do suporte do histórico dos últimos 60 pontos de backup. Você pode solicitar a restauração de um backup ou baixar os arquivos através do seu painel de hospedagem de forma fácil e sem custo adicional.

Pontos de backup do ambiente de produção em uma hospedagem WP Engine

Existe o serviço VaultPress oferecido pela Automattic, mesma empresa criadora do WordPress, que oferece planos de backups diários, com restauração automática a partir do histórico de backup dos últimos 30 dias a partir de US$ 9 /mês. Eles também oferecem um plano para backup em tempo real para você que tem uma operação mais crítica por US$ 29,00. O serviço funciona a partir de um plugin instalado no painel administrativo do seu site, que realiza todo o monitoramento dos arquivos e banco de dados, oferecendo também uma proteção de spam.

3 - Page Speed

O Page Speed (velocidade da página) é um dos parâmetros que o Google utiliza para posicionamento do seu site no ranking de resultado de buscas.

Esse parâmetro tem várias variáveis envolvidas que vão além da hospedagem, por exemplo, quantidade de plugins que você utiliza, se as imagens que você usa no seu site estão com uma compressão otimizada (JPG), etc. Mas, somando todas as variáveis, a performance de sua hospedagem pode ter um bom peso para determinar uma boa pontuação no seu Page Speed.

Veja abaixo uma medição realizada pelo GTmetrix do Page Speed de um site antes de migrar para a WP Engine e após a migração.

Page Speed Grade - Antes de migrar para a Hospedagem WordPress WP Engine

RESULTADO IMEDIATO: O simples fato de migrar, sem realizar nenhuma alteração no código e plugins garantiu a saída de uma nota D para uma nota A.

Page Speed Grade - Após migrar para a Hospedagem WordPress WP Engine

4 - CDN - Content Delivery Network

Para que você tenha um ganho de performance, possibilitando que o seu site carregue muito mais rápido, você pode utilizar uma Rede de Entrega de Conteúdo (CDN - Content Delivery Network).

Quando você acessa uma página do seu website em WordPress, o conteúdo está armazenado no banco de dados, que depende do servidor para processar essas informações antes de enviá-las para o seu navegador. Quando você utiliza um recurso com CDN, acontecem 2 coisas:

  • Cache: uma vez que um visitante do seu site acessa uma página, o resultado do processamento de uma página é armazenado no servidor CDN como uma página estática, assim, quando o segundo visitante solicita a mesma página, ele visualiza o resultado estático que foi previamente processado, o que garante o acesso muito mais rápido à informação.
  • Distribuição de conteúdo: Quando você navega em uma página da internet, os dados que você recebe e transmite percorrem diversos servidores da internet entre você e o servidor de hospedagem. O CDN é formado por diversos servidores espalhados em diversas cidades do mundo. Então, quando você acessa um website com CDN, ao solicitar uma página de um website, o seu acesso ao conteúdo ocorre através do cache que está localizado no servidor da rede CDN mais próximo de você. Isso encurta o caminho entre você e o conteúdo, diminuindo ainda mais o tempo de resposta no acesso às páginas.

CDN - Content Delivery Network

Não são todas as empresas de hospedagem que oferecem o serviço de CDN em seus planos. No caso do WP Engine, o CDN é um opcional no plano inicial, mas já está incluso nos planos superiores.

Se você ainda não está na WP Engine e tiver interesse em habilitar o serviço de CDN no plano de hospedadem que você tem hoje, você pode utilizar o serviço CloudFlare que oferece otimização de performance e segurança web, com CDN desde o seu plano gratuito.

5 - Ambiente de teste

Existem mais de 45mil plugins disponíveis para o WordPress que permitem você incrementar as funcionalidades do seu website. Além disso você pode comprar temas e modelos pré-definidos de layouts, para dar uma nova "roupagem" ao seu website. Entretanto, testar plugins ou alterar o layout de seu site atual em um ambiente de produção pode fazer com que seu site fique desconfigurado ou inacessível, comprometendo as visitas atuais do seu site.

Dito isso, criar um ambiente de testes ou ambiente de homologação é essencial se você leva seu site a sério e, principalmente em se tratando de WordPress. Em alguns casos, para que você crie esse segundo ambiente, além do seu site de produção, você pode ter que contratar uma segunda hospedagem. Então, ao contratar uma hospedagem para o seu site, é importante você verificar se conseguirá ter duas instalações de WordPress na mesma hospedagem.

Na hospedagem WP Engine, eles chamam o ambiente de testes de "staging". Assim, uma vez que você tem o seu website em produção funcionando, através do seu painel administrativo (wp-admin), você tem um menu específico do WP Engine, que você acessa suas configurações para criar o seu ambiente de testes ou, se preferir, ambiente de homologação.

Configurando ambiente de teste na hospedagem WordPress WP Engine

Você tem a opção de copiar automaticamente todo o conteúdo do seu site em produção para seu seu "staging" com o clique de um botão: "Copy site from LIVE to STAGING". Uma vez clicado, em alguns minutos seu novo ambiente estará disponível para os seus testes pelo endereço http://sua-conta.staging.wpengine.com.

Recurso para copiar website do ambiente de produção para o ambiente de teste

Se você utilizar o "Staging" como ambiente de desenvolvimento, você pode fazer o inverso, copiando o seu website do ambiente de desenvolvimento para produção, mas escolhendo que tabelas do banco de dados você deseja copiar.

Recurso para copiar website do ambiente de teste para o ambiente de produção

6 - Suporte

Uma coisa que você reza para não usar é o Suporte. Com o excesso de ofertas de websites na internet, se o seu site está com problema, o visitante do seu site provavelmente vai correr para outro. Então, conseguir resolver rapidamente qualquer problema no seu site é essencial.

Um grande diferencial do suporte da WP Engine é que como eles são uma hospedagem exclusiva da plataforma WordPress, os atendentes, desde o primeiro nível de atendimento, tem um conhecimento técnico de conhecimento da plataforma agilizando a identificação e resolução do problema. Bem diferente do que encontramos nas outras hospedagens, que muitas vezes simplesmente "jogam" o problema para o seu desenvolvedor, fazendo com um ticket em aberto de suporte se prolongue por dias entre seu programador e o atendente de suporte.

O Suporte é 24/7: 24 horas, 7 dias na semana. Eles tem um Chat Online que praticamente resolve a maioria dos problemas. Quando precisam escalar o problema para engenheiros, por exemplo, eles abrem um ticket de chamado e a interação ocorre por e-mail. O único detalhe é que o atendimento da WP Engine é em inglês, então isso pode ser um problema se você não tem alguém na sua equipe com um nível intermediário, caso precise de suporte.

7 - SSL

Como já indicado em 2015 como tendência, você ter um site seguro com um certificado SSL é um critério que o Google leva em consideração para que você tenha um melhor posicionamento no resultado do Google. Verifique na sua hospedagem atual como é o processo para você adquirir e ser instalado um certificado SSL no seu website. Veja o vídeo do Google sobre o HTTPS Everywhere.

No WP Engine, pelo seu painel de cliente, com um clique você consegue contratar o seu certificado SSL e colher os frutos de melhorar o seu raking na busca do Google.

Compra e instalação automática do Certificado SSL na hospedagem WordPress WP Engine

Resumindo

Neste artigo eu me preocupei em apresentar para você os principais pontos que você deve considerar para escolher a melhor hospedagem Wordpress para você. São eles:

  1. Atualizações
  2. Backup
  3. Page Speed
  4. CDN
  5. Ambiente de teste
  6. Suporte
  7. SSL

Cabe a você avaliar as hospedagens e outros pontos que você ache relevantes como, por exemplo, o preço. No meu caso, a WP Engine conseguiu atender melhor em todos os requisitos. Mesmo realizando a cobrança apenas em US$ (dólar americano), esse detalhe acaba não sendo impeditivo, já que estamos acostumados a contratar para o nosso marketing digital outros servidores em moeda estrangeira. Além disso, tudo que ela traz de benefício que contribui no posicionamento no google e otimiza o nosso tempo como, por exemplo, na resolução de chamado, somam muitos pontos positivos. Não é mesmo?

E você, pronto para testar a WP Engine? Quando você contrata um plano, eles já instalam o WordPress para você e pelo que consta no site oferecem 60 dias de cancelamento com devolução do dinheiro (Risk free for 60 days).