HubSpot Partner Day 2019: meus 3 principais aprendizados

As 3 coisas que mais impactaram a minha forma de pensar que aprendi em 2 dias imersivos no HubSpot Partner Day em Boston.

 

Já faz quase 1 mês que não publico nada no meu blog. É triste, eu sei. (Eu também estava com saudade de você.)

No final do mês de maio eu embarquei para uma viagem de 12 dias com destino à Boston.

O objetivo principal da viagem foi participar juntamente com o meu sócio Guilherme, de 2 dias de treinamentos da HubSpot Partner Day 2019 para parceiros nível Platinum e Diamond.

 
 
 
hubspot-partner-day-2019.gif
 
 
 
sala-de-estudos-no-escritorio-da-hubspot-em-boston.jpeg

Aproveitamos para realizar reuniões na HubSpot, receber mentoria/coaching, rever o Business Plan da NA5 e estabelecer novas metas.

Também aproveito para rever algumas metas pessoais e profissionais.

(E, claro, comprar presentinhos para a família!)

 
 
 

Meus 3 maiores aprendizados que quero compartilhar com você são:

hubspot-partner-day-2019.jpg
  1. Não é o que você faz, é como você faz: é preciso tornar fácil para o consumidor. As empresas que estão sendo disruptivas, estão inovando pela forma como elas oferecem os seus produtos e serviços. Você pode começar a vender algo que outra empresa já faz, mas a diferença está em como você fará isso. Por isso, ter talentos no seu time é mais importante do que o produto.

  2. Oferta Mínima Viável: enquanto no mundo das startups se procura definir o Mínimo Produto Viável (“MVP - Minimum Viable Product”) para validar uma ideia com um protótipo de produto, defina o que é a Mínima Oferta Viável ou Mínima Compra Viável (“MVP - Minimum Viable Purchase”). Ou seja, defina quais são os mínimos benefícios necessários para realizar uma venda.

  3. Precisa ter X Legal de ter: muitas vezes os clientes podem lhe procurar para realizar um projeto sofisticado para resolver uma problema simples. É preciso identificar o que é realmente necessário ter no projeto para atender as necessidades do negócio. Algumas partes do escopo poderiam ficar para uma segunda fase, como algo que o projeto deveria ter, poderia ter ou, até mesmo, não precisa ter.

Agora de volta para o Brasil, espero retomar o blog, mas ainda preciso ver como farei isso. Antes eu escrevia de manhã, logo após deixar os meus filhos na escola. Com o meu retorno ao Brasil, comecei a fazer academia no período da manhã e agora estou matutando na cabeça como encaixar o blog na agenda.

 
 
 

O que achou desses aprendizados? Você tem um aprendizado que queira compartilhar? Responda nos comentários.

 
 
 
Angelo Públio2 Comments