Como escrever um blog: o que eu uso para escrever todo dia

Tenho me dedicado a escrever diariamente no meu blog. Confira as minhas dicas de como escrever um blog e as ferramentas que eu uso.

 

Como escrever um blog: processo

como-escrever-um-blog.jpg

Para o meu processo de escrita, eu uso a Fórmula (framework) que eu criei chamado PERSIREA.

A PERSIREA me dá a sequência lógica que eu preciso seguir:

  1. Pesquisa

  2. Escrita

  3. Revisão

  4. SEO

  5. Imagens

  6. Redes Sociais

  7. Email

  8. Autor

Aqui você pode conferir a explicação de cada item.

 

Como escrever um blog: duração

escrever-blog.gif

Com o passar do tempo, eu fui ganhando prática.

Geralmente entre 1 hora e 1h30m (sem interrupções, com máxima concentração) é o suficiente para eu iniciar a pesquisa, escrever, publicar o artigo e distribuí-lo nas Redes Sociais.

Quando tenho que conciliar a escrita no final de semana com outras tarefas em casa (café da manhã das crianças, etc), esse tempo pode aumentar para até 4 horas.

 

Como escrever um blog: ferramentas

como-escrever-para-blogs.gif

Seguindo o processo da PERSIREA, aqui estão as ferramentas que eu utilizo no meu sistema de escrita diária para blog:

  • Pesquisa: para eu ficar atualizado com o que saí na mídia sobre os temas que eu sou especialista e me interessam, eu uso a ferramenta Feedly. Com ela eu faço uma curadoria do que eu considero importante e compartilhar com os meus leitores. Para guardar o conteúdo dos artigos eu uso o Evernote.

  • Escrita: meu blog está no Squarespace e quando eu vou iniciar um artigo, eu escrevo diretamente dentro da plataforma. Antes eu utilizava ferramentas como Google Docs e Ulysses, mas eu tinha o trabalho de escrever na ferramenta e depois copiar/colar no Squarespace — para ganhar produtividade, agora faço diretamente no Squarespace.

  • Revisão: eu uso um Macbook Pro com o navegador Chrome para escrever os textos. As palavras com erros de digitação ficam assinaladas com um vermelho sublinhado que me ajudam a identificar erros ortográficos. O ideal é que eu tivesse mais tempo para revisar e esse é um ponto que estou atento em melhorar. Nos países de idioma Inglês as pessoas usam ferramentas como o Grammarly que ajuda na correção gramatical e seria excelente ter algo assim para o nosso idioma Português do Brasil.

  • SEO: apesar de eu escolher tópicos de assuntos que me despertam o interesse, na hora de escolher o título do artigo e o seu endereço (exemplo: angelopublio.com.br/blog/o-titulo-do-artigo-vai-aqui), eu pesquiso qual o volume de pesquisa das possíveis palavras e a dificuldade de posicioná-las organicamente no Google. Par isso, eu utilizo a ferramenta SEMrush. Depois eu sigo algumas outras técnicas de SEO, que eu compartilho no curso de hacks de copywriting com SEO.

  • Imagens: eu escolho uma imagem de destaque para o artigo de blog, para quando o artigo for compartilhado nas redes sociais e por email, a imagem despertar o interesse das pessoas. Também incluo a imagem no corpo do artigo para deixá-lo visualmente mais agradável. Para as imagens, eu uso o banco de imagens da iStockphotos.

  • Redes Sociais: automaticamente quando eu publico o artigo no blog, o Squarespace compartilha o artigo nas minhas redes sociais. Se você usa WordPress, você pode usar o plugin Jetpack para ter esse recurso. Na ferramenta de blog da HubSpot esse recurso está incluso por padrão. Manualmente compartilho no meu grupo secreto do Facebook (convite enviado aos assinantes da newsletter) e no meu grupo de Inbound Marketing no LinkedIn.

  • Email: apesar de eu escrever todo dia, não é sempre que eu envio email marketing. Eu fiz uma pesquisa com os meus leitores para identificar com que frequência eles preferem receber os meus artigos por email. Fiz uma formulário de pesquisa no Typeform e enviei o link por email para todos os assinantes. Eles estão divididos entre 1 a 2 newsletter por semana. O ideal é que você faça uma pesquise com os seus assinantes e identifique a preferência deles. Eu ainda mantenho a pesquisa ativa para que os novos assinantes possam participar, quando alguém se cadastra na minha newsletter eles recebem o link em uma automação de marketing.

  • Autor: sempre procuro nos textos a minha opinião para que os leitores que se identificarem comigo se inscrevam para receber os próximos artigos. E, sempre coloco as fontes dos artigos para que outras pessoas possam avançar nos estudos e eu também tenha o histórico de minhas pesquisas, caso um dia eu precise retomá-las.


O que achou das dicas? Pronto para começar a escrever um blog ou aumentar a sua produção de conteúdo?!