Como descobrir do que um site é feito e quais são as ferramentas utilizadas nele

Descobrir as ferramentas utilizadas em um site pode ser útil para você analisar o website de um cliente, concorrente ou até para uma entrevista de emprego. Às vezes você pode precisar analisar os recursos com que um site foi feito e as ferramentas que ele está utilizando.

Em vez de você ter que usar o recurso de “inspecionar o código fonte” de um site com o navegador e fuçar (“coisa” bem técnica) no código para descobrir, você pode ter esse trabalho feito (felizmente) por ferramentas próprias para isso.

Algumas situações que você pode querer saber do que um site foi feito e quais são as ferramentas utilizadas nele:

  • Você está participando de uma entrevista de emprego para a área de marketing de uma empresa e quer entender o “tamanho da bronca” que você vai ter que encarar ou usar isso como forma de “puxar assunto” na entrevista e demonstrar que você pesquisou sobre a empresa.
  • Você é uma freelancer e precisa analisar “um job” que está interessado nos seus serviços.
  • Você trabalha em uma agência e precisa analisar o site de um prospect.
  • Você quer saber o que o seu concorrente usa no site dele.
  • Você quer ter ideias de que ferramentas utilizar, com base em um site que você gostou, para fazer um trabalho bem feito para o qual você foi designado.

Os 2 recursos que recomendo você usar para realizar essa identificação de ferramentas utilizadas são:

  • Ghostery: extensão para o navegador Chrome. Uma vez instalado no Chrome, basta você acessar o site que você deseja analisar e apertar o botão do Ghostery disponível no navegador. O Ghostery busca identificar os códigos “JavaScript” existentes na programação da página e lista as ferramentas que ele encontrou.
  • BuiltWith: essa ferramenta não requer uma instalação. Você acessa o site do Builtwith e digita o endereço do site que você quer investigar. Essa é uma ferramenta complementar ao Ghostery, pois ela faz outros tipos de análise, como identificar onde o site está hospedado e qual o sistema de gerenciamento de conteúdo (Content Management System - CMS) que está sendo utilizando.

Pronto! Agora você já está munido com as ferramentas para identificar como os sites estão sendo feito. Faça o teste com o seu website e experimente no seu concorrente.

Gostou da dica? Conhece outra ferramenta que você adicionaria na lista? Responda nos Comentários!